Área Restrita
Notícias

Notícias

Produção gaúcha de grãos avança 5,7%

12/07/2019

O Rio Grande do Sul deve encerrar a safra 2018/2019 com um acréscimo de 5,7% na produção de grãos, atingindo um volume de 35,17 milhões de toneladas, contra 33,26 milhões de toneladas do ciclo 2017/2018. O milho é a cultura que apresenta melhor desempenho em termos de produção, com expectativa de elevação de 19,5% na produção - alcançando 5,76 milhões de toneladas, contra 4,82 milhões de toneladas de 2017/2018.

Na sequência vem a soja, com previsão de expansão de 11,9% no período atual - o equivalente a 19,18 milhões de toneladas. Já o arroz deve encerrar o ciclo com queda de 12,2% em volume, passando de 8,46 milhões de toneladas em 2017/2018 para 7,42 milhões de toneladas em 2018/2019.

No Brasil, a Conab estima uma produção de 240,65 milhões de toneladas, mais um recorde da série histórica. O crescimento deverá ser de 5,7% ou 13 milhões de toneladas acima da safra 2017/2018. A área plantada está prevista em 62,9 milhões de hectares, o que representa um aumento de 1,9% em relação à safra anterior.

Conforme a Conab, "um dos maiores destaques do período, em comparação com a safra anterior 2017/18, é o milho segunda safra", com previsão de produção recorde de 72,4 milhões de toneladas, crescimento de 34,2%. Já o milho primeira safra deve ficar em 26,2 milhões de toneladas, ou seja, queda de 2,5%. Com isso, a safra total de milho em 2018/19 deve alcançar 98,50 milhões de toneladas (aumento de 22% sobre o período anterior, que foi de 80,71 milhões de toneladas).

No caso da soja, a previsão da Conab indica uma redução de 3,6% na produção, atingindo 115 milhões de toneladas. As regiões Centro-Oeste e Sul representam mais de 78% dessa produção. O arroz tem produção estimada em 10,4 milhões de toneladas, 13,6% menor que a obtida em 2017/18 (12,06 milhões de toneladas), em virtude das reduções ocorridas nos principais estados produtores.

Com relação às culturas de inverno, a Conab informa que, com uma área estimada em 1,99 milhão de hectares, 2,4% menor que a área plantada em 2018, a produção de trigo deve ser de 5,5 milhões de toneladas, representando aumento de 1,1% ante o ano passado (5,43 milhões de toneladas). As demais culturas de inverno (aveia, canola, centeio, cevada e triticale) apresentam um leve aumento na área cultivada, passando de 546,5 mil hectares para 552,2 mil hectares. "As condições climáticas vêm favorecendo as lavouras", conclui a Conab.

Fonte: Jornal do Comércio
Créditos da Imagem: Banco de Imagens ASGAV

Voltar